As Crianças Só Querem Ser Ouvidas

As Crianças Só Querem Ser Ouvidas
As crianças só querem ser ouvidas

As crianças não se querem portar mal!! As crianças só precisam que reconheçamos os seus desejos, vontades, medos, etc.

Uma das coisas que melhor funciona com os pequenos, em momentos de resistência ou birra, por exemplo, é focarmo-nos antes de tudo no que a criança quer, e mostrarmos que ouvimos.

Em vez de:
– Tens que ir para o banho agora, já te disse, imediatamente para o banho, vá depressa, não vale a pena estares a chorar, vamos antes que te dê uma palmada, olha que assim já não vês desenhos animados…

Podemos experimentar:
Respirar fundo 5 vezes, depois baixamo-nos ao nível da criança. Se ela permitir podemos tocar-lhe, olhar no olhos, estabelecemos uma conexão. E ouvimos com muita atenção.
– Não queres tomar banho agora. Estás muito agitado, pareces mesmo aborrecido. Não queres mesmo tomar banho. Não te apetece. O que te apetecia fazer? OK, queres brincar mais. Brincar é divertido. Agora mesmo, vamos tomar banho. É o que vamos fazer agora. Talvez possas brincar depois do banho. Vai ser rápido! Olha o dinossauro até vai entrar também no duche!

Quando não quer ir dormir, quando não quer comer, quando não quer arrumar os brinquedos.

O ponto chave é ouvir, reconhecer o que a criança sente.

Não quer dizer que ela vá ter o que quer. Quer dizer que temos a opção de lhe comunicar de forma firme, mas gentil, o que quer que tenha de ser.

Experimentem umas vezes e contem como correu!

(versão editada, do texto originalmente publicado a 10.06.2018 em facebook.com/educarladoalado)